1.jpg

Afinal, o que é empreendedorismo?


Foi em 99 que ouvi pela primeira vez a palavra empreendedorismo. Estava na graduação, e meu professor - Ênio, que hoje faz parte do Sebrae - abordava aquele conceito que até então me era estranho.

Cresci em Brasília e naquela época, aos 19 anos, só conseguia conceber duas opções de carreira: trabalhar em uma empresa privada ou prestar concurso público (até brinco com meus alunos que uma das primeiras perguntas que nossos pais nos fazem é sobre o que queremos ser quando crescer, e nossa resposta na maioria das vezes está relacionada a sermos empregados por alguém).

"Ser o meu próprio chefe", expressão que depois se popularizou, era algo estranho para os meus padrões culturais.

Aos poucos aquele paciente e alegre professor me fez compreender que eu poderia ter uma terceira opção de carreira na qual não trabalharia para empresa pública ou privada, mas sim para uma empresa própria. Bastava que, de forma resumida, eu criasse ou encontrasse uma oportunidade e conseguisse aproveitá-la comercialmente. Assim que as empresas surgiram , assim que a minha surgiria e assim eu seria o meu próprio chefe.

Empreender diz respeito a indivíduos que criam organizações para atender a necessidades e desejos de pessoas. Essa é uma definição objetiva da qual eu gosto.

Outras três definições :

  • Valério Dornelles da Tecno Logys: “Empreender é ter vontade de realizar. É você não ficar contente em apenas ter ideias, e sim de colocá-las em prática”.

  • Pedro Passos da Natura: “O empreendedor é apaixonado por uma ideia e corre atrás dela. Ele tem que ter brilho nos olhos e vontade de fazer, mesmo que seja a segunda, terceira, quarta iniciativa”.

  • Fernando Dolabela, autor de Empreendedorismo: "No Brasil o tema central do empreendedorismo deve ser o desenvolvimento social, tendo como prioridade o combate à miséria, oferecendo-se como um meio de geração e distribuição de renda".

Empreendedorismo é um tema antigo no resto do mundo. As grandes nações foram construídas pela capacidade empreendedora de seu povo. Aqui no Brasil esse é um tema que está na adolescência. Ainda estamos construindo uma cultura empreendedora, mesmo com todas as dificuldades. Em algumas empresas já se exige do colaborador "comportamento empreendedor", e se espalham, por exemplo, expressões como empreendedor corporativo, startups e empreendedorismo social.

Que tal se aprofundar mais? Indico para você um:

(a) site

(b) livro: Criação de Novos Negócios, José Dornelas, editora Elsevier

(c) blog

(d) perfil no Facebook

(e) perfil no Twitter

Pesquise, estude e depois volte aqui. Ainda temos muito o que falar sobre Empreendedorismo Social.

Felicidades! GC

#empreendedorismo #oportunidade #ideia

  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • LinkedIn ícone social

© 2014 Mude, Você, o Mundo! Empreendedorismo social e economia de impacto

Todo material pode ser utilizado desde que citada a fonte.