1.jpg

Prêmio Empreendedor Social 2014


Em 2005, um ano antes de Muhamad Yunus ganhar o Prêmio Nobel da Paz pela sua contribuição no desenvolvimento econômico e social de pessoas desfavorecidas, a Folha de São Paulo se uniu a Fundação Schwab e criou Prêmio Empreendedor Social.

Trata-se de do principal concurso de empreendedorismo socioambiental da América Latina além de ser considerada como um das disputas mais concorridas do mundo. O prêmio seleciona, premia e incentiva empreendedores socioambientais no Brasil, que desenvolvam há mais de três anos iniciativas inovadoras e que tenha impacto socioambiental comprovado.

Ontem, dia 2 de dezembro, o evento chegou a sua décima edição e premiou líderes em três categorias: Empreendedor Social, Empreendedor Social do Futuro e Escolha do Leitor (isso mesmo, os leitores da página puderam votar em suas iniciativas favoritas).

Nesta última categoria Hercílio Alexandre da Luz Filho, da Pró-Rim, sagrou-se o vencedor. A fundação hoje é a maior entidade filantrópica do Brasil na área de nefrologia e possui números expressivos em atendimentos ambulatoriais, hemodiálises e transplantes de rim.

Já quem ganhou na categoria Empreendedor Social foram os fundadores da Geekie, Cláudio Sassaki e Eduardo Bontempo. A empresa oferece uma plataforma de educação adaptativa além games que testam e simulam provas como a do Enen. A Geekie chama atenção por alguns outros motivos como o fato de praticar a política do um para um: a cada escola particular que adquire a plataforma para seu uso próprio, uma licença é doada a uma escola pública sem recursos.

Por fim, na categoria empreendedor do futuro, os grandes vencedores foram os jovens da Hand Talk, Ronaldo Tenório, Carlos Wanderlan e Thadeu Luz. Premiado até pela ONU trata-se de um aplicativo gratuito que traduz o português oral e escrito para libras em modo on-line, favorecendo a inclusão dos surdos e ampliando suas possibilidades de vida. Sua renda é gerada por meio de serviços de acessibilidade prestados a empresas e eventos.

Se você quer muitos motivos para se inspirar, para acreditar no futuro e na humanidade ou para iniciar o próprio negócio social, não deixe de visitar a página com os finalistas de todas as edições.

O Prêmio Empreendedor Social merece um prêmio. Em 2005, quando pouco se falava sobre empreendedorismo social no Brasil, a iniciativa dessas duas instituições começou a incentivar e premiar brasileiros e brasileiras que trabalham pela melhoria do mundo. Não há dúvida de que isso fez o lugar em que vivemos um pouquinho melhor.

Nossos parabéns para os vencedores de 2014, das edições anteriores e para os organizadores do prêmio!

GC

#empreendedorismosocial #eventos #inovaçãosocial #negóciossociais #empreendedorismo #ideia

  • Twitter
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • LinkedIn ícone social

© 2014 Mude, Você, o Mundo! Empreendedorismo social e economia de impacto

Todo material pode ser utilizado desde que citada a fonte.